Edições Natureza © - Todos os direitos reservados. 2.003 - 2.015

 

 

Levedo de Cerveja - Saccharomyces Cerevisiae

 
 

 Levedura é a designação genérica de certos fungos unicelulares de família das sacaromitaceas, agentes de fermentação empregados na preparação de bebidas não-destiladas e na panificação. Alguns lêvedos são patogênicos (capazes de produzir doenças) ao homem. Outros são úteis, como Saccharomyces Cervita, usado na indústria de cerveja. A levedura tem grande popularidade e é empregada na "depuração do sangue" e na cura de furúnculos.

Hipocrates, em seus dias, já conhecia seu emprego e valor. Os monges medievais usaram-na contra Chagas.
Mais tarde, sendo investigada, notou-se que a levedura é um verdadeiro tesouro de matérias de grande atividade biológica como vitaminas (principalmente do grupo B) e aminoácidos. Apresenta também fatores de crescimento e matéria ativas de combinação com os minerais correspondentes .
Durante a segunda guerra mundial, sobras de madeiras foram aproveitadas para obtenção de levedura.
 
Era um modo simples de extrair um rico alimento albuminóide que a principio não pareceu ser próprio para consumo humano, devido a seu sabor.
 
Os Principais componentes do Levedo de Cerveja (Concentrado de Saccharomyces cerevisiae): proteínas, aminoácidos, complexos de DNA (ácido desoxirribonucléico) e RNA (ácido ribonucléico), polissacarídeos complexos, fibras dietéticas, ergosterol (precursor da vitamina D), vitaminas (A, complexo B, biotina, colina e inositol) e sais minerais (cálcio, ferro, fósforo, zinco e selênio).
 
O Levedo de Cerveja é um protetor natural do organismo contra as radiações e a poluição, além de ser umas das maiores fontes naturais de vitaminas do complexo B, importantes para a integridade dos sistemas nervoso e digestivo. O Levedo de cerveja normalmente apresentado na forma de um pó fino também auxilia o fígado na desintoxicação do organismo, aumenta a resistência do organismo, combatendo a fadiga física e o stress.
 
A deficiência orgânica de vitaminas do complexo B no sistema nervoso, geralmente, manifesta-se na forma de depressão, falta de memória e concentração, cansaço físico e mental, estresse e irritação, associados com distúrbios de pele. No sistema digestivo, a carência de vitaminas do complexo B altera a flora bacteriana intestinal, prejudicando o adequado funcionamento intestinal e predispondo à flatulência e diarréia. Inúmeros estudos realizados com as vitaminas do complexo B comprovaram que, embora cada membro dessa família de nutrientes essenciais tenha propriedades terapêuticas especiais e únicas, o conjunto, na forma de nutrientes inter-relacionados, compartilha de dois pontos em comum: são responsáveis pela produção de energia para as células e surgem todos juntos na natureza. Como as vitaminas B são tão interligadas, ao separá-las acaba-se diminuindo o funcionamento do complexo com um todo e violando o imperativo de mantê-las unidas. A utilização constante de alimentos refinados, álcool, drogas e antibióticos causa deficiência do complexo vitamínico B. Assim, uma suplementação adequada de vitaminas do complexo B, em conjunto, protege melhor a flora intestinal, regulariza as funções intestinais, promove a desintoxicação do organismo, diminui o cansaço físico e mental, aumentando a resistência do organismo.
 
Na vigência de distúrbios orgânicos, por fortalecer o organismo e repor vitaminas específicas do complexo B, pode amenizar a sintomatologia e promover uma recuperação mais rápida. Essa suplementação também é importante nos sistemas de alimentação vegetariana, para reposição da vitamina B12. O suplemento nutricional Levedo de Cerveja, sendo uma fonte natural de vitaminas do complexo B, com inúmeras propriedades benéficas para o organismo, realmente pode ser um reforço natural para o organismo se manter sempre forte e saudável.

Mecanismo de ação

O suplemento nutricional Levedo de Cerveja é um composto concentrado de leveduras da espécie Saccharomyces cerevisiae, uma fonte natural de vitaminas do complexo B, que pode ser um reforço natural para o organismo se manter sempre forte e saudável.

A microflora intestinal é um pequeno ambiente ecológico, distribuído ao longo de todo o trato gastrintestinal, formado por organismo microscópico que trabalha incessantemente, tendo um papel-chave na garantia da saúde. A microflora também desenvolve uma ação desintoxicante, aumentando a eliminação de substancias nocivas. A microflora intestinal também produz algumas vitaminas reguladoras essenciais no processo orgânicos que entram no metabolismo de substâncias como os ácidos biliares. Essas vitaminas têm ação rápida e enérgica contra a colonização e o desenvolvimento de germes infecciosos. Mas para que a microflora intestinal cumpra seu papel dando equilíbrio ao seu organismo, ela precisa de proteção. Desequilíbrios alimentares, variações de clima e dieta, ataques de agentes infecciosos e uso de antibióticos prejudicam a flora intestinal, abrindo a porta a vários distúrbios como a diarréia, sensação de mal estar, irritação da pele e das mucosas, debilidade, inchaço abdominal.

O levedo contém células vivas de Saccharomyces, que se insere fisiologicamente ao ambiente intestinal e contribuem de modo direto para restabelecer o equilíbrio natural do sistema. Age de modo efetivo contra o desenvolvimento dos germes infecciosos (como a salmonela) e estimula os sistemas de defesa no confronto com germes patogênicos.

O sistema imunológico contém vários tipos de células defensivas presente no sangue e nos tecidos. O organismo contrairá, segundo a eficácia do sistema imunológico, mais ou menos doenças infecciosas como câncer, reumatismo, nefrite e outras. Esse sistema pode ser comprometido por diversos fatores, entre os quais carência nutricional, alimentação errônea, estresse físico ou psíquico prolongado. Nesse caso, o auxilio de complementos alimentares é de grande importância. No levedo foram reconhecidos diversos fatores estimulantes das defesas imunológicas. Trabalhos referentes ao principio de ação do levedo sobre o sistema imunológico demonstram, de fato, um significativo aumento de glóbulos brancos, produtores de anticorpos específicos e sua eficácia contra infecções.

O levedo é a forma mais inteligente de proteger a saúde e a forma física. Para isso é necessário integrá-lo à alimentação diária, especialmente quando passamos por uma nova estação. A mudança de clima faz com que as pessoas se sintam apáticas e cansadas. Tensões, ansiedade e excesso de trabalho podem também influir no quadro patológico. Freqüentemente, durante o ano, ocorrem situações em que é reduzida a capacidade de defesa, e são "queimadas" vitaminas em quantidade superior a necessária. Na primavera, é comum ver pessoas com alguns quilos a menos, com o rosto abatido, cabelos sem brilho e unhas frágeis. Nessas situações, o levedo auxilia a dieta hipocalórica, com nutrientes muito importantes para a saúde e a beleza. Em período de ferias, o delicado equilíbrio da flora intestinal pode estar sob risco, com as mudanças de clima, de dieta alimentar ou de ambiente. As pessoas submetem-se a viagens longas. Nesse caso o levedo também é um grande aliado da saúde. Com a chegada do inverno, vem os clássicos males: gripe, resfriado, dores de garganta e outros. Daí a necessidades dos antibióticos, que normalmente deixam algum desgaste como intestino solto, debilidade, etc.

Indicação de uso

Muito utilizado por pessoas de intensa atividade física e mental, é indispensável na reposição de sais minerais e vitaminas, sendo também consumido como complemento alimentar em regimes de emagrecimento.
É indicado como desintoxicante do organismo, para uma pele mais saudável, prisão de ventre e como auxiliar no tratamento de hemorróidas, entre outras. Recompõe a flora intestinal e elimina as toxinas do intestino. Como é fonte de vitamina B é recomendado nos casos de diabetes, stress e distúrbios nervosos, aumentando a disposição mental. Reforça o sistema imunológico e é um ótimo agente cicatrizante, eficaz nos casos de eczemas, acne, furúnculos e problemas com a pele.
A levedura é largamente utilizada para tratamento da doença “pelagra”, moléstia grave, caracterizada por erupções cutâneas, perturbações digestivas, nervosas e mentais. Também é utilizada nos casos de perturbações intestinais, transtornos hormonais, doenças de crescimento e desenvolvimento, diabetes, obesidade, insuficiência de vitaminas, especialmente na gravidez, anemias, resfriados, intoxicações e infecções.
Este produto não engorda e pode ser utilizada por qualquer pessoa acima de sete anos de idade.

É contra-indicado apenas para hipersensibilidade ao produto



Medicina Alternativa®